Blog

ESG: 5 dicas para se adequar ao mercado

ESG: 5 dicas para se adequar ao mercado

ESG é o termo que reúne práticas ambientais, sociais e de governança, que contribuem para tomadas de decisão de investimentos sustentáveis e responsáveis. O conjunto de atributos tem se destacado, a cada dia mais, no mercado. Para se ter dimensão, de acordo com um levantamento realizado pela Bloomberg, atualmente, o mercado de ESG está estimado, globalmente, em mais de US$30 trilhões e, até 2025, espera-se que o setor movimente cerca de US$53 trilhões. 

Portanto, se adequar ao mercado de ESG é fundamental para garantir o sucesso da sua organização, uma vez que a tendência é que as práticas ambientais, sociais e de governança sejam fatores de credibilidade das empresas diante do mercado e do público. Para te ajudar com essa tarefa, nós, do Blog do Sociall, em parceria com nosso Product Manager, Victtor Magri, produzimos este conteúdo com 5 dicas. Continue a leitura e confira! 

Veja também – ESG: pilar ambiental é o que mais se destaca no mercado

Dica 1 – Faça um diagnóstico da sua empresa

Para implementar as políticas de ESG em sua empresa, é de extrema importância entender em qual cenário ela se encontra, ou seja, realizar um diagnóstico de medidas que já são adotadas e em quais setores será preciso desenvolver ações de maior performance. Assim, será possível elaborar um plano de execução mais assertivo. 

Dica 2 – Crie um plano de estratégias tangíveis

Independente de qual estágio sua organização esteja, é essencial que a liderança analise suas práticas, colete dados e KPIs para, a partir disso, implementar as iniciativas de ESG. Após essa fase, para traçar as estratégias que deverão ser adotadas, é preciso pensar em ações concretas e levar em consideração as transformações que serão necessárias. 

Dica 3 – Capacite sua equipe

Tão importante quanto buscar a implementação dos pilares do ESG em sua organização, é quem irá ajudar a colocá-las em prática, diariamente. Sua empresa só avançará na concretização de ações sustentáveis e que abarcam as diferentes pessoas, quando construir um time diverso e capacitado. Para isso, a recomendação é investir cursos, webinars, palestras e conteúdos que possam tornar os membros da sua equipe familiarizados com as políticas ambientais, sociais e de governança. 

A Exame Academy e a ESPM, por exemplo, oferecem cursos completos sobre ESG, com conteúdos inovadores e que, com certeza, vão te ajudar nessa etapa de consolidação dos pilares em sua empresa. 

Dica 4 – Adote uma política colaborativa

De nada adianta investir em capacitação em ESG para sua equipe, se os membros dela não estiverem alinhados com o propósito de realizar os cursos ou participar das palestras e webinars. É preciso mostrar a importância das políticas e como elas irão impactar a rotina de cada um e, para isso, adotar o método da colaboração, tanto em questão de feedback, quanto de compartilhamento de experiências, é o caminho ideal. 

Dica 5 – Conte com o apoio de um software de gestão social

O INFLOR Sociall é uma ferramenta de gestão social e de relacionamento, que possibilita facilidades como: centralizar o recebimento de demandas ou projetos próprios ou da comunidade, analisar e definir a viabilidade de deferimento, acompanhar profundamente a execução e o impacto financeiro e social gerado, publicar e gerenciar editais de seleção de projetos públicos, receber reclamações ou impactos dos mais diversos stakeholders do seu ecossistema. Além disso, fortalece a proatividade no relacionamento social.

Ficou interessado? Entre em contato com nossa equipe para saber mais. Teremos prazer em ajudá-lo.

Conheça o Blog do INFLOR Sociall 

Fique por dentro de nosso Blog, porque por aqui sempre encontrará notícias e dicas poderosas para alavancar os resultados dos seus projetos. Confira outros conteúdos que possam ser de seu interesse:

Qual é a importância do investimento socialmente responsável?

ESG: entenda a sigla que ganha cada vez mais força nas corporações

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter

Outras notícias

Deixar uma resposta