Blog

Tipos de liderança no gerenciamento de projetos sociais

tipos-de-liderança-de-projetos-sociais

Líder: substantivo de dois gêneros – pessoa cujas ações e palavras exercem influência sobre o pensamento e comportamento de outras. Para você, o que é ser um líder? O gerenciamento de projetos sociais precisa de uma pessoa que guie e dirija o restante do time. Entretanto, qual deve ser o tipo de liderança para encabeçar as atividades e motivar equipes? Neste conteúdo você verá os tipos de liderança e como elas influenciam as equipes de projetos sociais. Continue a leitura.

Veja também: Entenda por que a gestão de projetos sociais precisa de relatórios

👨‍💼 Liderança nos projetos sociais

Peça fundamental no quadro de funcionários de qualquer companhia, o líder tem a missão de engajar equipes e vestir a camisa da empresa. Também cabe a ele transmitir a cultura, estar alinhado com sua missão, visão e valores, organizar e garantir que as equipes estejam em harmonia com os objetivos, além de certificar que as atividades sejam feitas da melhor forma.

👀 Qual visão os liderados têm de seu líder?

Uma pesquisa global feita pela consultoria HayGroup e divulgada pela Infomoney, apontou que cerca de 50% dos líderes criam climas desmotivadores e apenas 19% promovem ambientes de trabalho de alto desempenho. Aqui no Brasil, cerca de três mil gestores foram entrevistados e constatou-se que 63% criam ambientes desmotivadores, contra apenas 12% que conseguem criar climas que motivam suas equipes.

🦸 Outra pesquisa, feita pela FIA Employee Experience com 150 mil funcionários de mais de 300 empresas, revelou que um quarto dos trabalhadores brasileiros (26%) classificam o tipo de liderança de seus chefes como inspiradora.

🧑🏿‍💼 Tipos de liderança

Separamos alguns tipos de liderança presentes na maioria das empresas, inclusive nos projetos sociais. Conheça as principais e como elas ajudam no desenvolvimento:

Liderança autocrática

É um tipo centralizador, em que a autoridade fica limitada ao líder, os liderados somente devem acatar as ordens, sem muitos espaços para questionamento ou sugestões. Em uma autocracia, as pessoas não são importantes, apenas a execução de tarefas e a busca por resultados. O modelo ainda é comum nas empresas e tem se mostrado insatisfatório, já que não garante a retenção de talentos ou a produtividade.

Liderança liberal

Quando o líder mostra total confiança na sua equipe. O modelo dá toda a liberdade aos liderados para tomar decisões importantes a fim de estimular a autonomia. Embora a equipe tenha boas intenções, a falta do líder pode gerar muitas discussões pela ausência de direção e também eliminar o senso de autoridade e respeito por ele diante dos liderados.

Liderança democrática

Quando o equilíbrio é o meio mais utilizado para gerir. O líder democrático se relaciona igualmente com a sua equipe, a capacita e facilita o trabalho dos liderados. Seu papel é aconselhar cada membro, reconhecer os méritos e dar espaço aberto para debate. O modelo permite que cada colaborador tenha liberdade para tomar decisões e contribuir com ideias, mas sem assumir todo o controle da empresa.

Liderança motivadora

O líder motivador se baseia no estímulo e no otimismo. Quem segue esse modelo costuma reagir de forma mais positiva em momentos difíceis, possui um ânimo contagiante e consegue controlar facilmente o que não está dando certo. Em ambientes com esse tipo de liderança, a equipe possui um clima favorável para dividir suas ideias e tomar decisões, pois confiam na sua própria capacidade e são guiados por um gestor eficaz, que acredita e reconhece o trabalho  de cada um, além de saber solucionar problemas de forma mais assertiva.

Liderança carismática

São os líderes com capacidade de deixar o ambiente de trabalho leve, conquistar a confiança dos liderados e conduzir a equipe de forma igual, com bom humor e igualdade. Transmitem influência por meio do exemplo e fazem com que os colaboradores trabalhem com mais entusiasmo.

Cada tipo de liderança se adequa a cenários diferentes. Assim como as diversas atuações dos projetos sociais. Entretanto, o mais importante é que o líder desempenhe seu fundamental papel: gerenciar a equipe com respeito, igualdade e responsabilidade, para que todos, como um time, possam atingir seus objetivos.

Conheça o Sociall

Para todos os tipos de liderança, o Sociall é a ferramenta ideal para realizar as tarefas do dia a dia do seu projeto social. Com recursos que contribuem para o planejamento, execução e comunicação com todas as partes envolvidas. Conheça agora!

Gostou deste conteúdo? Tem muitos outros esperando por você. Confira:

💰Como controlar de forma eficiente os recursos de seu projeto social
💻 5 motivos para usar o Sociall em seu projeto social

Até o próximo conteúdo!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter

Outras notícias

Deixar uma resposta